domingo, 18 de abril de 2010

A Gélida Morte

Aqui vai a minha última ilustração sobre o tema "Morte". É a Morte que escolhe a sua presa pelo seu crânio. Ela é cega, fria, não se importa quem leva com ela... apenas o suficiente para a satisfazer.


6 comentários:

  1. A Morte ficou insensível. Foi muito bem captada e representada essa emoção. Uma espécie de S.Jerónimo, mas com a Morte.

    ResponderEliminar
  2. Os olhos dela de facto gelam a alma.

    ResponderEliminar
  3. Eu penso que essa insensibilidade se aproxima a um semblante neutral, pois não consigo vislumbrar qualquer sentimento na "Morte", enquanto observa a caveira, o que possivelmente destacará o carácter arbitrário e impessoal com que a mesma desempenha a sua função! Um destaque especial às linhas do cabelo, que estão muito bem conseguidas!

    ResponderEliminar
  4. Ela está inacabada, infelizmente... precisava de melhorar principalmente as mãos. Obrigada a todos pelos comentários :)

    ResponderEliminar
  5. A iluminação esverdeada dá-lhe um toque de morte calma um bocado perturbador, o que é bom :)
    Mão não é nada facil, chega-lhe!

    ResponderEliminar